Negócios Digitais: Como Fazer Crescer sua Empresa Online

Negócios Digitais: Como Fazer Crescer sua Empresa Online, a Fórmula Secreta (Parte 01)

por | nov 3, 2020 | Negócios Digitais | 0 Comentários

Se os fiéis leitores lembram, desde 1998, quando criei minha primeira empresa digital (PlenoEmpleo.com), tenho lido, refletido, escutado e praticado a criação de atalhos de sucesso para mim e para os colegas empreendedores e empresários. É que aquela primeira empreitada foi um sucesso capturando investimento anjo, porém um fracasso quase total em termos de negócio digital.

Qual seria esse caminho para o sucesso dos Negócios Digitais?

Na verdade, mais de 20 anos depois, a descoberta é: não existe um único caminho de êxito, e por muito que a gente estude, finalmente é na prática onde vamos a criar nosso “próprio atalho” mais, ou menos, bem-sucedido.

Porém…

Se eu tivesse tido no meu início o conhecimento que minha equipe e eu temos hoje, teria sido muito, muito melhor.

Por isso,

segue um apanhado das descobertas feitas por mim e por outros que me ajudaram a ser mais bem-sucedido e a errar bastante menos na jornada da construção de cinco negócios digitais.

Uma dica de ouro:

teste, teste, teste; lembre-se de que você precisa encontrar seu “próprio atalho”. E ainda, lembre-se de que precisará mudar esse “atalho” a cada dia, se necessário.

A Fórmula Secreta

Concordando com Russell Brunson, Ryan Deiss, Jeff Walker (também Erico Rocha, como consequência inevitável) e, por que não, Philip Kotler, meu guru do marketing, a Fórmula Secreta mais perto de ser bem-sucedida consiste em formular-se quatro perguntas simples. Essas são as mesmas quatro perguntas que faço ou minha equipe faz a quem contrata a Babel-Team para consultas, projetos, treinamento.

Minha sugestão é que você siga esses autores e esse blog, especialmente os posts da categoria “Negócios Digitais” como esse de hoje.

Fórmula Secreta - Negócios Digitais

Pergunta no. 1: Quem é o seu cliente ideal?

A primeira pergunta que você tem de fazer a si mesmo é:

com quem eu realmente quero trabalhar?

A maioria de nós começa com uma ideia de produto, nunca pensando em quem queremos como clientes, consumidores, fornecedores e associados. Mas essas são as pessoas com quem você interagirá todo dia. Você provavelmente vai passar mais tempo com essas pessoas do que com seus próprios amigos e familiares.

Então, escolha com cuidado quem é o cliente dos seus sonhos.

Pode não parecer o primeiro passo, mas, acredite, eu mesmo teria evitado muito erro, muita frustração se minha pergunta tivesse sido:

Quem é o cliente dos meus sonhos?

Se você está apenas começando, isso pode não parecer importante. Mas todos os gurus acima dizem o mesmo: que se você não escolher conscientemente o cliente dos seus sonhos, um dia você vai acordar como eu, trabalhando com gente que cansa você e desejando que alguém pudesse despedi-lo do negócio que você criou.

Escolher o cliente é o primeiro e mais importante passo em qualquer empreendimento, digital ou não.

Lembre-se: você vai ter que lidar com esse cliente de agora em diante. Ele vai influir nas mais importantes decisões da sua empresa.

Ele vai deixar você feliz ou doido, com sucesso ou fracasso.

Mas…, essa é apenas a primeira pregunta em relação ao cliente.

Demorei anos antes de eu me sentar e realmente pensar sobre o QUEM. Percebi que havia esquecido algumas questões muito importantes:

  • Quem são os clientes dos meus sonhos?
  • Como eles são?
  • O que os apaixona?
  • Quais são seus objetivos, dores, sonhos e desejos?
Negócios Digitais

Há muito anos, dois irmãos empresários, muito jovens, chegaram até nosso escritório no Rio de Janeiro para três dias de aceleração de negócios.

Tudo começou com essa pregunta: quem é o cliente ou clientes dos seus sonhos?

Depois de encontrar quatro variações dos seus clientes de comidas gourmets frescas (o vegano, o malhadão, o “normal” e o vegetariano), procuramos quatro imagens na Internet, colocamos um nome em cada um e, acredite, só ai começamos a produzir os conteúdos e as mensagens para seus funis automatizados.

Em outra ocasião, ajudando a um instituto de inglês do Rio de Janeiro, trabalhando com os professores e a diretora, conseguimos identificar os clientes em três categorias: o empresário (João), a idosa (Marie), o adolescente (Alberto), e novamente isso mudou tudo nessa empresa.

Pode parecer um exercício bobo, mas é importante que você o faça. De qualquer forma. Realmente gaste algum tempo pensando sobre com quem deseja trabalhar. Escreva suas características e, em seguida, encontre uma imagem real para representá-los. É incrível como sua perspectiva muda quando você tem uma imagem de seu cliente ideal – em vez de uma imagem nebulosa e meio formada em sua cabeça.

Assim fizeram os dois empresários da empresa de comida gourmet fresca: colaram na cozinha do restaurante, na Baixada Santista, as imagens dos clientes dos seus sonhos, para lembrar que no final, são eles que pagam as contas.

Descubra as outras perguntas, Onde? Isca? Resultado? da Fórmula Secreta dos Negócios Digitais.

Jorge Aldrovandi

Como se contatar com:

Jorge Aldrovandi

Como empresário tenho uma enorme paixão por negócios.
E também pelo seu projeto.

QUER EMPREENDER?

Simplesmente, escolha um slot da sua conveniência
na minha agenda:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode estar interessado

Encruzilhada # 7: Reavaliações

Encruzilhada # 7: Reavaliações

A qualquer momento, você pode optar por reavaliar o curso da sua vida. A gravidade da rede tem aumentado desde o seu nascimento e fica mais forte com o tempo. Cada rede se agrega e se integra com as outras, mudando a matemática em seu quadro até que esteja perto do...

ler mais
Encruzilhada #6: Onde você vive

Encruzilhada #6: Onde você vive

O lugar onde você mora impacta fortemente os relacionamentos e a direção de sua vida, de maneiras que você pode nem perceber. Quando você sai da faculdade, isso é ainda mais importante para sua vida do que a escolha do trabalho. Conforme mencionado acima, a...

ler mais